quarta-feira, 20 de julho de 2016

CURITIBA - NOVAMENE ELEITO O MELHOR AEROPORTO - MAS O WIFI ????






Líder no ranking nacional que avalia os melhores aeroportos do país, o Afonso Pena, em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, ainda sofre com a qualidade de internet para os passageiros. De acordo com a Pesquisa Permanente de Satisfação do Passageiro, realizada pelo Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil, o terminal tem nota 2,24 de 5 possíveis na categoria, a pior entre os 15 grandes aeroportos do país.
Foto: Divulgação
Apesar disso, o Afonso Pena voltou a ser apontado como o melhor terminal do País, com a nota de 4,64. Dos 38 indicadores avaliados, Curitiba alcançou a maior nota em 15 deles. Banheiros e qualidade na sinalização são destaques na avaliação do aeroporto da Grande Curitiba, com notas acima de 4,5. Outras notas altas foram: disponibilidade de assentos na sala de embarque; sensação de segurança nas áreas públicas do aeroporto; limpeza geral; conforto térmico e acústico; e qualidade da informação nos painéis das esteiras de restituição de bagagem.
No ranking geral, o Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, ficou em segundo lugar, com nota 4,44; seguido de Guarulhos (SP), com 4,40; Recife (PE), com 4,36; e Viracopos (SP), com 4,34.
“Mais uma vez, entre os cinco melhores terminais, três são da rede Infraero, o que destaca cada vez mais a disputa saudável e aprimoramento dos gestores aeroportuários na prestação dos serviços aos passageiros, após o início da série histórica, em 2013. Nesta rodada, vimos o Aeroporto do Santos Dumont em segundo lugar, no esforço para chegar a primeiro do ranking. Isso mostra que a pesquisa serve como base para que os aeroportos saibam os pontos que precisam melhorar e o que já está dando certo na gestão” afirma o ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella.
Ao todo foram realizadas 13.452 entrevistas nos meses de abril, maio e junho de 2016. Desde que o levantamento começou a ser realizado em 2013, mais de 225 mil pessoas foram ouvidas. O levantamento é realizado pela Praxian – Business & Marketing, responsável pela pesquisa de campo, o nível de confiança do estudo é de 95%, com margem de erro de 5%.
Fonte:BandaB.com.br
Foto:Rosvalmir Afonso

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

AMERICAN AIRLINES - UM DIA QUE MARCOU O AFONSO PENA.




Cheguei as 7:45 da manhã, para presenciar o último pouso do American em Curitiba.
Tempo feio, garoa vindo da serra, um ar de despedida no ar.
E as 8 horas da manha em ponto, toca o solo o N39356, um Boeing 767-300 ER, fabricado em 1988, ainda nas cores antigas da empresa, aquele metal polido que eternizou as aeronaves da companhia americana.
Taxia lentamente, até o gate 4, e o pessoal de solo inicia seus serviços.
Toda a equipe de atendimento, começa a aparecer, e as fotos vão surgindo a cada minuto, o pessoal parece participar de uma festa, não querendo lembrar que amanhã, alguns estarão sem seus devidos empregos, não terão mais a rotina de atender o público com o sorriso estampado em suas faces.
Embarque efetuado, é chegada a hora, mas ainda há tempo do Comandante e Co piloto fazerem uma selfie da equipe que tanto auxiliou nesses quase 3 anos de coleguismo.
Como se fosse de propósito, uma mala, ficou faltando embarcar e o 767, permanece mais alguns minutos em solo paranaense, para a alegria dos entusiastas que se aglomeram no saguão do aeroporto, tentando de todas as formas eternizar o momento.
Pronto, serviço de rampa encerrado, é chegada a hora de viver os últimos momentos ao lado do Boeing metálico.
Mecânico fala pelo fone de rampa, e ouve o choro emocionado que vem abordo do cockpit.
Pushback executado e o 767 demora um pouco mais para inicio do táxi, toda equipe se posiciona para o último aceno, alguns choram, outros aplaudem, outros se abraçam.
O Boeing 767, começa o táxi até a cabeceira 15 do Afonso Pena, alguns minutos depois inicia a corrida e após a intersecção das pistas, decola suavemente para Porto Alegre.

Pronto, chega ao fim a história da American Airlines em Curitiba.
A única empresa que peitou tudo e todos e fez os paranaenses voarem para Miami com uma escala e voltando em voo direto.
Se os aviões as vezes, (e não foram poucas as vezes), deram problemas, e não eram o exemplo de modernidade em seu interior e em outras tecnologias, mas o que valeu é que uma empresa americana, acreditou na demanda do povo da região.
Com a ajuda dos agentes de turismo, operadoras, levando a solicitação a sério, faltou por parte das autoridades, darem o respaldo mínimo.
Agora é torcer que a crise vá logo embora e que outras empresas pensem igual a American Airlines.

See you later American.
Texto e fotos:Rosvalmir Afonso Delagassa 















sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

COLT CARGO 9002





Ontem o Aeroporto Afonso Pena, recebeu em voo de homologação para  a Anac o Boeing 757-200 da Colt Cargo.
A aeronave pousou as 18 hrs vindo de Guarulhos, pela pista 33.
Após as 19:25 hrs seguiu para Guarulhos novamente.
Vale lembrar que esse 757 já pertenceu a Varig Logistica(Velog), como PR-LGF.
Fotos:Rosvalmir Afonso Delagassa

sábado, 26 de dezembro de 2015

BOEING 727 VIP DE PETER NYGARD EM CURITIBA



Pousou ontem em Curitiba o empresario canadense Peter Nygard.
Mas o que chamou a atenção, foi como ele chegou em Curitiba.
Um belíssimo Boeing 727-100 com winglet e ostentando uma bela pintura.
Fotos:Rosvalmir Afonso Delagassa

terça-feira, 10 de novembro de 2015

VISITAMOS AS ÓBRAS DO NOVO TPS DO AEROPORTO INTERNACIONAL AFONO PENA
































Foi com imenso prazer que recebemos o convite do Supervisor de Aeroporto Sergio, para conhecer as obras do novo TPS do Aeroporto Internacional Afonso Pena.
As instalações, salas de embarque, check in´s, salas de desembarque, esteiras de bagagens, impressiona muito nos primeiros momentos que ingressamos nos espaços permitidos, que aos poucos vai ganhando vida.
Mesmo estando em obras, já podemos notar que os passageiros terão um excelente terminal em todos os quesitos.
As fotos mostram o quanto é gigantesca as novas instalações.

Está marcado para 21 de dezembro o início das operações do novo terminal de passageiros do Aeroporto Afonso Pena.
A área de embarque foi ampliada com 32 novos balcões de check in e oito novas pontes de acesso aos aviões, o que deve dobrar a capacidade de operação do aeroporto.

Em dezembro, o novo terminal, que será ligado ao antigo por um corredor, ainda não possuirá lojas e restaurantes – que devem ser entregues até a conclusão total da obra, em março de 2016. O terminal deverá operar os voos domésticos, enquanto o antigo terminal deverá servir para os voos internacionais.
Fotos:Rosvalmir Afonso Delagassa